Vasco enfrenta o América atrás de uma atuação mais convivente

Jornal do Brasil

RIO - O confronto entre Vasco e América, quarta-feira, às 21h50, no Engenhão, será muito mais do que uma simples partida valendo três pontos pelo Grupo B da Taça Guanabara - primeiro turno do Campeonato Estadual. Fora de campo, o Vasco terá pela frente dois grandes ídolos que fizeram história no clube: Romário, dirigente do América, e Bebeto, técnico do time rubro da Tijuca.

Fã dos dois ex-craques, o experiente Carlos Alberto, capitão do Vasco, que jogou ao lado de Romário, em 2003, no Fluminense, admite que será um jogo diferente por ter seus ídolos como adversários, mesmo fora das quatro linhas.

O futebol é legal por isso. Joguei com o Romário e ele é meu ídolo. Acompanhei o tetra quando criança vendo pela tevê o Romário e o Bebeto arrebentando na Copa de 94. Temos de respeitá-los em suas novas funções, mas, espero que o Vasco vença - afirmou o meia, considerando um privilégio enfrentar os dois tetracampeões do mundo.

O capitão do Vasco citou os exemplos de ex-ídolos como Roberto Dinamite e Andrade, que vem fazendo bom trabalho, agora, como presidente do Vasco e técnico do Flamengo, respectivamente.

Apesar da capacidade do Romário e do Bebeto, o América começou mal o campeonato e vai querer se reabilitar em cima da gente. Temos que ficar espertos avisou ele.

Depois de estrear sem convencer, na magra vitória sobre o Tigres por 1 a 0, o Vasco, em terceiro lugar no grupo, atrás de Botafogo e Madureira no critério de gols a favor, precisa vencer para provar que é candidato a um título, que não ganha desde 2003.

Já o América, que perdeu do Madureira por 2 a 1, quer vencer um dos favoritos ao título, para manter chances de ganhar o primeiro turno.

Eurico está de volta após 19 meses

Fiscalizar, cobrar e questionar as decisões da atual diretoria do Vasco, como prestação de contas, balanços entre outras atribuições. Depois de perder as eleições presidenciais do clube, em junho de 2008, para Roberto Dinamite, o ex-presidente Eurico Miranda volta a ser uma pedra no caminho do ex-ídolo e atual mandatário da Colina.

Após um ano e seis meses fora do Vasco, Eurico foi eleito, terça-feira, em São Januário, o novo presidente do Conselho de Beneméritos do clube para o triênio 2010-2012. E promete cobrar do atual presidente.

Tentaram desvalorizar o Conselho dos Beneméritos, mas agora ele terá que ser respeitado bradou Eurico antes mesmo de ter sua vitória confirmada na eleição.

Dinamite retrucou. O respeito tem que ser mútuo avisou o presidente.

Eurico venceu com o dobro dos votos a chapa da situação, que tinha como vice Antônio Soares Calçada, também ex-presidente do Vasco e aliado de Eurico por 14 anos. Eurico derrotou Henrique Loureiro Monteiro, que liderava a chapa de Calçada, por 93 a 45 votos.

Do colégio eleitoral de 176 membros do Conselho de Beneméritos, apenas 138 conselheiros compareceram à eleição, em São Januário.