Explosão em voo foi terrorismo, diz fonte da Casa Branca

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Uma fonte da Casa Branca afirmou, nesta sexta-feira, que a explosão registrada em um voo da companhia Northwest Airlines, que pertence à Delta Airlines, foi uma tentativa de um atentado terrorista. Outros oficiais não identificados, citados pela agência de notícias AP, afirmaram que um passageiro nigeriano disse ter agido em nome da Al-Qaeda ao tentar explodir a aeronave.

Segundo funcionários de departamentos de inteligência dos Estados Unidos, o explosivo era feito de uma mistura de pó e líquido, mas falhou quando o passageiro tentou detoná-lo. O deputado republicano Peter King identificou o suspeito como Abdul Mudallad. King disse que o voo começou na Nigéria, passou por Amsterdam e tinha Detroit como destino final.

Inicialmente, havia sido divulgado que um passageiro teria explodido fogos de artifício quando o avião, que partiu de Amsterdam, se preparava para pousar em Detroit. O passageiro foi preso preventivamente e é tratado por queimaduras sofridas durante a explosão, segundo boletim médico obtido pela rede de TV CNN. A emissora informou ainda que o presidente americano, Barack Obama, que está de férias no Havaí com a família, já foi informado por telefone do incidente e pediu que sejam aumentadas as precauções em todos os voos.

O motivo do ataque no dia de Natal ainda não está claro, segundo a agência AP.