Ministro do Esporte teme colapso de aeroportos durante a Copa

Roberta Lopes, Agência Brasil

BRASÍLIA - O país pode sofrer um novo colapso aéreo durante a Copa de 2014, caso o cronograma de reforma dos aeroportos sofra algum atraso. A preocupação é do ministro do Esporte, Orlando Silva. Segundo ele, muitas das obras só serão entregues no próprio ano da competição. Ele disse que, hoje, os terminais de passageiros já operam no limite.

- A Infraero [Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária] terá de cumprir religiosamente o cronograma de obras, sob pena de gerar um colapso.

O ministro disse que o motivo de sua preocupação é que as distâncias no país são grandes, o que torna os turistas dependentes do transporte aéreo e isso vai se acentuar com a Copa, já que haverá jogos em vários estados.

- O Brasil não é a Alemanha, onde as pessoas conseguem se locomover de carro de um estado para o outro.

Orlando Silva fez as afirmações em entrevista coletiva na qual falou sobre as atividades do ministério em 2009.