Empresário diz que Love fica no Palmeiras se tiver segurança

JB Online

DA REDAÇÃO - O destino do atacante Vagner Love na temporada 2010 é uma incógnita. O jogador, que já teria acertado salários com o Flamengo, terá uma reunião nesta segunda-feira com a diretoria do Palmeiras para definir se continua no Palestra Itália. Vítima de agressão por parte de membros de uma facção organizada alviverde, Love condiciona sua permanência a garantias de segurança, segundo seu empresário, Evandro Ferreira.

Vagner tem sofrido ameaças. Pessoalmente não ocorreu nada de diferente, mas já mandaram recados no celular e foram enviados e-mails nesse sentido - disse Evandro à Rádio Jovem Pan. - Se o Palmeiras der garantia de segurança, ele fica.

Segundo o empresário, até a família de Vagner Love tem sofrido com as cobranças da torcida do Palmeiras. O atacante foi agredido no início deste mês, quando saia de um banco próximo ao centro de treinamento do clube.

- Para se ter ideia, até a esposa do Vagner sofreu com uma situação inconveniente. No dia da agressão ao jogador no banco, ela teve dificuldades para sair de um shopping - disse Evandro Ferreira.

Love é flamenguista assumido e faz parte dos planos do clube carioca para a disputa da Libertadores de 2010. O atacante pertence ao CSKA Moscou e foi emprestado ao Palmeiras até a metade do ano que vem.