Renault coloca em dúvida importância da F1 para escuderia

Portal Terra

DA REDAÇÃO - O presidente da Renault, o brasileiro Carlos Ghosn, colocou em dúvida a importância da Fórmula 1 para a escuderia francesa e afirmou que ainda não sabe se a equipe permanecerá na maior categoria do automobilismo mundial se algumas questões não forem resolvidas.

- Eu não acho que vai ser importante para ninguém se algumas questões não forem respondidas. Eu vejo que, desde o ano passado, três fabricantes saíram da Fórmula 1. Três em um ano! Existem muitas questões a serem resolvidas - afirmou Ghosn, em entrevista à Forbes India.

Ghosn afirmou que a F1 precisa se preocupar mais com questões ambientais e que isso é um grande desafio para a categoria.

- Existem grandes desafios sobre o quanto isso é justo e como podemos aliar a Fórmula 1 com as questões ambientais. Você pode deixar de emitir gases com a alta tecnologia? Há muitas perguntas - afirmou o brasileiro.