Fluminense não vencia três vezes seguidas desde março

Hilton Mattos, Jornal do Brasil

RIO - Se você for tricolor de verdade, responda sem pensar muito quando foi a última vez que o Fluminense conquistou três vitórias seguidas. Quer uma pista? O time ainda era dirigido por Carlos Alberto Parreira. Bem, com uma pista desta, não dá mais vontade de brincar. Faz tanto tempo que o torcedor não sabe se ri ou se chora.

Pela ordem, o Fluminense derrotou Bangu, Friburguense e Botafogo, em jogos válidos pelo Campeonato Carioca. Venceu por 3 a 1 os dois primeiros adversários e 2 a 1 o último, dia 28 de março. Era uma época em que não havia ameaça de nada e as ambições eram por título. Tanto que os resultados acima fazem parte de uma arrancada de 10 vitórias consecutivas, entre Carioca e Copa do Brasil. Começou nos 2 a 1 sobre o Americano, ainda sob o comando de René Simões o treinador não gozava da simpatia da direção do clube e perdeu o emprego duas partidas depois, mesmo vencendo e terminou no triunfo contra o rival alvinegro.

Fora isso, o time conseguiu vencer duas vezes consecutivas em 1º de outubro: 3 a 2 sobre o Avaí, pelo Brasileiro, e 4 a 1 no Alianza Atlético, do Peru, pela Copa Sul-Americana. A última derrota tricolor foi para o Flamengo, dia 4 de outubro, 2 a 0, gols de Adriano. Desde então, o disputou oito partidas quatro empates e quatro vitórias.

Eles (jogadores) pegaram gosto pelo jogo, prazer pela vitória. Quando isso acontece, dá uma liga boa disse Cuca, tentando esclarecer a mudança de atitude do time tricolor, que chegou a ficar 11 jogos sem vencer.

Fred decisivo

Uma das justificativas pode entrar na conta do atacante Fred. Desde que voltou de lesão muscular, o jogador tem sido decisivo. Em sete partidas, marcou nada menos que sete gols. O último foi na importante vitória de quinta-feira sobre o Universidad do Chile, em Santiago, em pela Copa Sul-Americana. O resultado classificou o tricolor para as semifinais da competição, contra o Cerro Porteño, do Paraguai.

E é no embalo dessa invencibilidade, dos gols de Fred e das vitórias seguidas que o Fluminense recebe o Palmeiras, domingo, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos, o time está na penúltima posição e, de acordo com o matemático Tristão Garcia, tem 89% de chances de cair para a Série B. Precisa, em 15 pontos disputados, conquistar 12.

O time saiu de Santiago na madruga de sexta-feira direto para o Rio. E direto para a concentração. É com esse esforço que Cuca quer livrar o time da degola.

- Quero muita dedicação. Saímos do Chile às 4h20. É necessário esse sacrifício, pois vamos ter um jogo importante no domingo frisou o treinador tricolor.

Para continuar sendo decisivo, Fred precisa estar inspirado. O atacante marcou 16 gols na temporada, em 27 partidas média de 0,59%. Segundo o artilheiro, a presença de Maicon a seu lado tem facilitado sua presença na área.

É fácil marcar quando se tem o Maicon do teu lado, com a bola toda, cruzando sempre na medida e me deixando de cara para o gol elogia Fred. Este é o mérito do time, ser unido, todo mundo jogar para todo mundo completou o atacante.

Fred acredita que o Fluminense escapa da rebaixamento, mas alerta: a emoção ficará para a última rodada.

Hoje eu acredito, sim. Tenho fé. Mas será complicado, será só no final.