África do Sul tem como meta quartas de final da Copa, diz dirigente

REUTERS

JOHANESBURGO - A África do Sul espera que o técnico Carlos Alberto Parreira leve a seleção da África do Sul às quartas-de-final da Copa do Mundo que será realizada pelo país no próximo ano, disse o presidente da federação de futebol do país nesta sexta-feira.

- Sentimos que temos o dever como organização de projetar e mostrar ao técnico o que nós realmente esperamos - disse o presidente da Associação de Futebol Sul-Africana (Safa, na sigla em inglês), nesta sexta-feira.

- Nós já demonstramos nossa aspiração. Obviamente queremos que o técnico nos leve até a segunda fase, e mais provavelmente às quartas-de-final - acrescentou.

Todos os países-sede da Copa do Mundo foram além da primeira fase do Mundial, mas a recente má fase da seleção sul-africana causou temores de um fracasso diante da torcida.

Parreira foi o técnico da África do Sul entre 2007 e abril de 2008, mas deixou o cargo quando sua mulher ficou doente. Ele recomendou o também brasileiro Joel Santana como seu sucessor, mas após 18 meses e uma série de resultados ruins, ele foi demitido no mês passado.

Parreira prometeu recuperar o bom rendimento dos "bafana-bafana" antes do Mundial que começa em menos de oito meses.

- Estou contente e muito otimista que iremos alcançar os objetivos que todos esperam... o primeiro objetivo é passar pela primeira fase, e depois o céu é o limite - disse Parreira, que vai levar a seleção sul-africana para treinar por um mês no Brasil antes da Copa.