Kaká é ovacionado, mas Ronaldinho marca no 1 a 1 com Real

Jornal do Brasil

MILÃO, ITÁLIA - O brasileiro Kaká voltou ao San Siro: vestindo, claro, a camisa do Real Madrid. Mas o meia não foi nem de longe o nome do jogo, já que atuou burocraticamente sem lembrar o craque do Milan de outrora. A torcida italiana agradeceu literalmente. Uma faixa já estampava os dizeres Grazie Kaká (Obrigado, Kaká). O objetivo, contudo, seria certamente reverenciar o tempo em que Kaká vestiu a blusa do clube italiano. O empate de 1 a 1 embolou o grupo C da Liga dos Campeões. Milan e Real seguem com o mesmo número de pontos (sete), mas, por ter vencido o confronto direto no Santiago Bernabéu, em Madri, o Milan se mantém na ponta da tabela. Olympique aparece em terceiro com seis. Com três, o Zurich é o último. Se alguém brilhou, foi Ronaldinho Gaúcho, autor do gol do Milan, em cobrança de pênalti.

Apesar do estádio lotado os ingressos esgotaram com dois dias o Real Madrid não se incomodou com a pressão da torcida e iniciou o jogo com um verdadeiro sufoco contra a área adversária. Por duas vezes, o goleiro Dida foi acionado e teve de espalmar os chutes.

O time da casa, mesmo com três atacantes em campo, só chegou com perigo uma vez no início da partida com Alexandre Pato.

Aos 28 minutos o placar seria aberto no San Siro. Após passe de Marcelo, Kaká recebeu pelo lado esquerdo, cortou para o meio na direção da meia-lua, driblou Seedorf e chutou forte rasteiro. A bola desviou em Thiago Silva e enganou Dida, que acabou espalmando nos pés de Benzema, que só empurrou a bola para o gol.

Mal na partida, o Milan conseguiu chegar ao empate, no entanto, quatro minutos depois. Ronaldinho Gaúcho achou Zambrotta na ponta esquerda. O lateral-direito, improvisado terça-feira no lado oposto do campo, cruzou, mas a bola, no meio do caminho, tocou no braço do zagueiro Pepe e o árbitro Felix Brych assinalou pênalti. Em linda cobrança, Ronaldinho acertou o ângulo e fez a festa dos quase 80 mil torcedores presentes ao estádio.

Na segunda etapa, o jogo ficou morno e ambas equipes não criaram muitas chances. Mas o Real Madrid quase conseguiu garantir os três pontos fora de casa por duas vezes. Na primeira, Marcelo, com espaço, chutou em cima de Dida. Na segunda, Raúl obrigou o goleiro brasileiro a se esticar todo para impedir o gol. O jogo da volta de Kaká ao San Siro termina com o empate em 1 a 1.

Outros confrontos pela Liga

Em outro jogo do Grupo C, o Olympique de Marselha recebeu o Zurich no estádio Vélodrome e venceu por 6 a 1. E tem time classificado na Liga: o Bordeaux bateu o Bayern de Munique na Alemanha por 2 a 0 e passou de fase. O Juventus de Diego venceu o Maccabi Haifa por 1 a 0 e se manteve na vice-liderança do grupo. No grupo B foi o Manchester quem se classificou ao empatar, em casa, pelo placar de 3 a 3 com o CSKA. No mesmo grupo, o Wolfsburg goleou o Besiktas por 3 a 0. O Chelsea é outro que garantiu a vaga antecipada para as oitavas de final da Liga ao empatar fora de casa, por 2 a 2, com o Atlético de Madri. O Porto venceu o Apoel por 1 a 0 e também se classificou pelo grupo.

Quarta-feira: Rubin Kazan x Barcelona, Fiorentina x Debrecen, Dínamo de Kiev x Inter de Milão, Unirea x Rangers, Sevilla x Stuttgart, Arsenal x AZ Alkmaar, Standard Liège x Olympiacos, e Lyon x Liverpool.