São Paulo e Fla ganham terreno com ajuda de rivais

Portal Terra

SÃO PAULO - Com cinco rodadas restando para o fechamento do Campeonato Brasileiro, os "coadjuvantes" entraram em cena no final de semana para ajudar seus rivais na parte de cima da tabela. Neste domingo, um dia depois de cumprirem os papéis diante de seus torcedores, São Paulo e Flamengo foram beneficiados por resultados conquistados por tradicionais adversários locais e agora embolam a briga no topo da classificação.

Na luta pelo título, o São Paulo conseguiu igualar o número de pontos do líder com o empate por 2 a 2 ocorrido no clássico entre Palmeiras e Corinthians neste domingo, em Presidente Prudente. Com a vitória magra sobre o Barueri na véspera, diante de 39.636 fãs no Morumbi, os atuais tricampeões nacionais somam 58 pontos e só são superados pelo rival alviverde no critério de saldo de gols (15 a 12).

Já o Flamengo, que primeiro luta por vaga na próxima edição da Libertadores, mas também sonha em receber o troféu no dia 6 de dezembro, contou com as estrelas de Bruno e Adriano para vencer o Santos por 1 a 0 no Maracanã, sob os olhares de 80.560 presentes, e garantir a quarta colocação nacional. Enquanto o primeiro foi fundamental ao defender duas cobranças de pênalti do jovem Paulo Henrique, o artilheiro balançou as redes e garantiu mais três pontos na conta do clube da Gávea.

No entanto, a confirmação da vaga no G-4 pela primeira vez ao final de uma rodada só aconteceu neste domingo, graças aos serviços de dois de seus rivais que estão ameaçados de rebaixamento à segunda divisão. Na primeira parte da "ajuda" para saltar da sexta para a quarta colocação, contou com o triunfo do Botafogo sobre o Internacional por 1 a 0, em pleno Beira-Rio, fato que serviu para segurar os colorados nos 52 pontos, agora na quarta posição, com dois a menos que os rubro-negros.

Já no encerramento da 33ª rodada, quem atuou como aliado flamenguista e se deu bem foi o Fluminense, que mais uma vez deu provas de sua recuperação no Brasileiro ao vencer o Cruzeiro por 3 a 2, de virada, em um Mineirão lotado. Para encerrar uma série de cinco vitórias consecutivas dos adversários e a consequente entrada no G-4, o time das Laranjeiras contou com atuação inspirada de Fred, antigo ídolo da torcida celeste e autor de dois gols no triunfo que tira a equipe tricolor da lanterna e mantém os mineiros estacionados nos 51 pontos e agora na sexta posição.

A rodada de futebol no Brasil também foi marcada pela presença de área decisiva dos principais atacantes do país. Além de Adriano e Fred, outros nomes de peso do cenário nacional foram às redes neste final de semana e garantiram as festas das torcidas. No clássico paulista disputado no interior do Estado, Ronaldo mostrou que está recuperado do período de inatividade após lesão na mão e marcou duas vezes sobre o rival Palmeiras.

Enquanto isso, no Serra Dourada, Diego Tardelli deixou a sua marca contra o Goiás e alcançou a artilharia isolada do Brasileiro, agora com 18 gols, um à frente de Adriano. Apesar do grande número de chances perdidas por ele durante a partida, foi o responsável por manter o Atlético-MG na terceira posição ao bater pênalti, com paradinha, e definir a vitória por 3 a 2. Quem também brilhou foi o centroavante Nunes, no triunfo por 2 a 0 do Santo André, Carlinhos Bala nos 3 a 2 do Náutico sobre o Sport e Wellington Paulista na derrota do Cruzeiro no Mineirão.