Gum diz que torcida jogou contra no domingo

Jornal do Brasil

RIO - Apesar de ter feito os gols que deram o empate em 2 a 2 para o Fluminense contra o Internacional, o zagueiro Gum não está de bola cheia com a torcida, que compareceu em bom número ao Maracanã no domingo (mais de 30 mil pessoas). Os tricolores vaiaram muito o defensor. A razão foi a sequência de falhas do zagueiro durante o jogo. Gum falhou nos dois gols do time gaúcho, irritando parte da arquibancada.

Gum chegou ao clube junto com o técnico Cuca, em agosto. Desde então, luta para agradar ao torcedor desconfiado.

Quando eu saí da Ponte Preta eu estava bem. Senão eu não teria sido contratado. Todos estão se esforçando, só que quando o clube está nessa situação as críticas aparecem. Acabam não valorizando o que o jogador faz disse Gum. Estou tentando fazer o melhor. O torcedor não está errado, mas pela situação que o clube se encontra acaba gerando uma falta de confiança nos jogadores.

Se a torcida não perdoa suas atuações, o zagueiro é todo elogios ao técnico Cuca.

Não estava no clube no início do campeonato. Mas, desde que o Cuca chegou sim, a equipe teve um aproveitamento melhor e creio que, se fosse assim no início do campeonato, o Fluminense não estaria nesta situação.

Segunda-feira, a diretoria do Fluminense resolveu inscrever o atacante Fred para a próxima fase da Copa Sul-Americana. O atacante vai ocupar o lugar deixado por Fábio Santos, que teve o contato rescindido. Fred voltou a atuar recentemente pelo tricolor e vem tendo boas participações com a camisa do Fluminense. Ele usará a camisa 20. O time tricolor enfrenta, na quinta-feira, o Universidad do Chile, no Maracanã. Rumores de que há interesse de outros clubes no apoiador Conca aumentam a cada dia. O Cruzeiro e o Palmeiras podem contar com o apoiador tricolor em 2010. A diretoria do Fluminense, no entanto, nega.