Santos faz 9 a 0 em time paraguaio e é campeão da Libertadores

Portal Terra

SANTOS - Comandada por Marta e com o apoio de mais de 14 mil torcedores, a equipe feminina do Santos deu mais um show na decisão da Copa Libertadores e atropelou o Universidad Autonoma, do Paraguai, por 9 a 0, conquistando o título em plena Vila Belmiro, neste domingo. Na final, o time alvinegro jogou sem a artilheira Cristiane, que foi expulsa na semi.

No primeiro tempo da partida, o Santos foi "econômico" e só fez dois gols. No segundo deles, Marta cobrou falta da esquerda e colocou no ângulo da goleira Gloria Rodriguez.

Na segunda etapa, veio o massacre. Logo aos 2min, Marta lançou a eficiente lateral esquerda Dani que cruzou de primeira para Érika só empurrar para as redes. Três minutos depois, a goleira Gloria Rodriguez errou a saída de bola e Fran chutou de cobertura para fazer um belo gol, o quarto da partida.

Aos 8min, Marta cobrou escanteio, a bola foi escorada para Thais, que recebeu e chutou para fazer 5 a 0. Mais três minutos, mais gol. Érika recebeu passe da camisa 10, ajeitou e bateu firme.

O sétimo gol demorou um pouco, mas chegou. Aos 25min, Marta (outra vez) arrancou pela esquerda e tocou para Suzana empurrar para as redes. Aos 32min, a lateral Dani recebeu na área e chutou forte de canhota, no ângulo, para fazer o oitavo.

Ketlen recebeu passe de Marta aos 38min, limpou a zagueira e tocou de perna direita no canto da goleira. O 10 a 0 não saiu. Poderia ter saído, não fosse a goleira Gloria Rodriguez ou a imprecisão da perna direita de Marta. Só que a goleada na final foi suficiente para empolgar a torcida na Vila Belmiro.