Inter cede empate no fim e deixa vice-liderança escapar

Portal Terra

RIO DE JANEIRO - O Internacional perdeu uma chance de ouro para coroar a sua reabilitação no Campeonato Brasileiro. Vacilando nos últimos minutos de cada tempo, o time gaúcho acabou cedendo o empate em 2 a 2 para o Fluminense e perdeu a oportunidade de terminar a 30ª rodada na vice-liderança da competição e a três pontos do líder Palmeiras.

O resultado para o Fluminense surtiu pouco efeito na tabela de classificação. Na verdade, o placar no Maracanã foi mais sentido na parte de cima da tabela. Apesar da reação na partida, a lanterna fica pela décima vez nas mãos do clube carioca já que o Sport, seu rival direto na luta pelo rebaixamento, venceu o Corinthians em Recife. A seis pontos do 16º colocado e a oito rodadas do fim, o tempo para se livrar do rebaixamento fica cada vez mais escasso.

Já o Inter tinha tudo a seu favor para encostar mais no Palmeiras. Com o São Paulo perdendo no sábado e o Flamengo derrotando o líder do Campeonato Brasileiro no Parque Antarctica, tudo conspirava a favor do Inter. Mas faltou a defesa ter um pouco mais de atenção ao término de cada etapa.

Apesar do equilíbrio da partida, o Internacional esteve em vantagem por duas vezes no Maracanã. No primeiro tempo, Alecsandro teve facilidade para apenas tocar para o gol o cruzamento de Daniel. Na segunda etapa Marquinhos não encontrou dificuldades para passar pela defesa carioca e mandar no canto direito de Rafael.

Mas a defesa do Inter cometeu vacilos que no fim das contas prejudicaram o Internacional na partida. Quando Lauro não defendeu ou foi salvo pela trave (como em uma boa jogada de Fred), ele teve de buscar a bola no fundo do gol: duas vezes e de um mesmo jogador.

Gum foi o quase herói do Fluminense na tarde. Apesar de ter falhado no gol de Alecsandro, ele se reabilitou ainda no primeiro tempo e aos 42min aproveitou de cabeça o bom cruzamento de Conca. Na segunda etapa ele repetiu a dose, só que aos 41min. Lançando-se ao ataque, o zagueiro recebeu passe de Adeílson e tocou na saída de Lauro.