Com fantasma de 2006 na cabeça, CBF veta 'gordinhos' na Copa

Portal Terra

RIO - Com o trauma vivido pelo desempenho da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2006, quando vários jogadores foram criticados por estarem fora de forma, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, afirmou que isso não se repetirá no Mundial de 2010.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o dirigente disse que os 'gordinhos' serão vetados da convocação final do técnico Dunga para o torneio na África do Sul.

- Se nós recebermos atletas 10 kg, 15 kg acima do peso, teremos o mesmo problema. Se forem recuperáveis, terão chance. E nada será omitido. Se chegar acima do peso, o Brasil vai saber - disse o presidente Ricardo Teixeira.

O dirigente voltou a falar que a culpa pelo fracasso em 2006 não foi a preparação em Weggis, na Suíça, mas a falta de comprometimento de alguns atletas.

- Uma coisa é certa. Vocês (imprensa) terão muito menos liberdade com a seleção. A seleção será muito mais trancada do que ela foi. Para a proteção dos próprios jogadores. Ficamos um tempo em Weggis e muito mais tempo na Alemanha, com os mesmos atletas indo a boates às 4h. Duvido de que havia alguém da comissão técnica lá - concluiu.