Brasil e Madri chegam à final na votação do COI

JB Online

COPENHAGUE - Chicago e Tóquio foram eliminadas da disputa final para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. A cidade americana foi a primeira a sair da disputa. Já no segundo turno, a cidade japonesa não recebeu a quantidade de votos suficiente. A cerimônia foi realizada na cidade de Copenhague, na Dinamarca, nesta sexta-feira.

Todos os integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI), com certas exclusões, têm permissão de votar. Cerca de 115 membros eram esperados em Copenhague, mas apenas 95 votaram.

Muitos deles são pessoas com experiência em gestão no esporte ou até mesmo ex-atletas. Nem todos os países têm membros no COI e as maiores nações no âmbito esportivo, como EUA, Rússia e Alemanha, têm vários membros.

O presidente do COI, Jacques Rogge, não vota, a não ser que seja necessário um voto em caso de empate. Membros de países com uma cidade candidata, como é o caso de Brasil, Japão, Espanha e Estados Unidos. também estão excluídos, enquanto sua candidatura ainda compete.

Para vencer, um candidato precisa de mais de 50% dos votos depositados em uma urna eletrônica. Se nenhum candidato alcançar a cifra, o candidato com menos votos é eliminado e uma nova votação é realizada.

As cifras não são anunciadas, só o nome do candidato eliminado. As cifras da votação só são divulgadas depois que o presidente anunciar o vencedor.