Ecclestone apoia ex-chefe da Ferrari para presidência da FIA

REUTERS

PARIS - O chefe empresarial da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, deu todo seu apoio ao ex-chefe da equipe Ferrari Jean Todt nesta sexta-feira como o homem certo para substituir Max Mosley como presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). - A FIA precisa de um presidente forte, capaz e experiente nos níveis mais altos do automobilismo - disse Ecclestone.

- Jean é de longe o mais competente candidato para este cargo de importância vital. Espero que todos apoiem sua candidatura - afirmou.

Todt disputa com o finlandês Ari Vatanen, campeão mundial de rali em 1981, a eleição de 23 de outubro. Mosley, que sobreviveu aos pedidos de demissão no ano passado após um escândalo de sexo sadomasoquista, também apoia Todt.