Maradona diz que só Brasil e Espanha podem se comparar à Argentina

Agência AFP

PARIS - Para o técnico da seleção argentina, Diego Maradona, somente o Brasil e a Espanha podem se comparar ao seu país no que diz respeito ao futebol. Em entrevista publicada nesta segunda-feira pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), Maradona afirmou que a Argentina "tem muito mais domínio" que todas as outras seleções, com exceção do Brasil e da Espanha.

- Talvez o Brasil tenha o que nós temos, mas não a Itália, nem a Alemanha - declarou o ex-jogador, que se prepara para enfrentar a Seleção Brasileira no dia 5 de setembro pelas eliminatórias sul-americanas à Copa do Mundo de 2010.

- A Espanha também tem algo parecido com um jogador como (o apoiador) Xavi, que pode se livrar de dois e deixar (os atacantes) David Villa ou Fernando Torres na cara do gol - prosseguiu o campeão mundial de 1986.

Maradona ainda elogiou a contratação do brasileiro Kaká pelo Real Madrid. - O Real vai mudar muito com Kaká - apostou. No que diz respeito aos jogadores argentinos, o ex-camisa 10 destacou o atacante Diego Milito, que "está jogando em alto nível" no Inter de Milão, e seu genro, Sergio Agüero, do Atlético de Madri. Ao contrário, Maradona disse que não tem acompanhado muito Lionel Messi, o astro do Barcelona.

- Não tenho visto ele há algum tempo. Tentei ligar para ele, mas é mais fácil falar com (o presidente dos Estados Unidos Barack) Obama do que com o Leo - brincou. - Me disseram que está fazendo uma boa pré-temporada, então estou tranquilo - encerrou.