Após 17 horas, Seleção chega à Estônia

Portal Terra

TALLIN - Pouco mais de 17 horas depois de entrar no avião em São Paulo, a comissão técnica da Seleção Brasileira e o atacante Diego Tardelli chegaram à capital da Estônia, Tallin, no início da tarde desta segunda-feira, onde o time comandado por Dunga fará um amistoso contra a seleção local.

No aeroporto, o clima foi tranquilo, já que o futebol não é o principal esporte do país. Os estonianos preferem o basquete e os esportes de inverno.

A Seleção passou 11 horas no avião até a cidade de Frankfurt, na Alemanha, onde se encontrou com os volantes Josué e Gilberto Silva. Depois de três horas e meia esperando, embarcaram para a Estônia, ficando mais duas horas e meia dentro do avião até Tallin.

O seleto grupo de comissão e mais três jogadores foram do aeroporto direto para o hotel e encontraram-se com alguns outros atletas brasileiros que atuam no futebol europeu e chegaram mais cedo ao local.

Os últimos jogadores que devem se juntar à delegação serão Kléberson e Miranda, que defenderam seus clubes no domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Depois da maratona dentro do avião, os jogadores terão a noite livre e farão um único treino na manhã desta terça-feira, às 10h (de Brasília), no Le-Coq Arena. A partida contra a Estônia será realizada nesta quarta, às 14h15.