Kaká se une aos companheiros em Madri, mas não jogar nesta terça-feira

Jornal do Brasil

DA REDAÇÃO - Kaká, comprado do Milan por 65 milhões de euros do Milan, e os jogadores espanhóis que disputaram a Copa das Confederações Casillas, Sergio Ramos e Albiol incorporaram-se nesta segunda-feira aos treinamentos do Real Madrid. Os quatro tiveram suas férias prolongadas por causa da competição vencida pelo Brasil, na qual a Espanha ficou em terceiro lugar.

Kaká e Albiol (ex-Valencia) já foram apresentados aos torcedores anteriormente, mas não haviam participado da preparação da equipe para a temporada.

Depois de disputar amistosos decepcionantes (vitória por 1 a 0 na Irlanda sobre o Shamrock Rovers e empate em 1 a 1 contra o modesto Al-Ittihad, em Madri), a chegada de Kaká é uma boa notícia para o Real, que apresentou carências no meio-campo.

Ele vai ajudar com sua qualidade afirmou o técnico chileno Manuel Pellegrini, que descartou a possibilidade de escalá-lo de maneira imediata nos amistosos. Não vamos mudar o time. Kaká não jogará contra a LDU. Ele tem 10 dias de trabalho pela frente e jogará em Toronto comentou em entrevista ao diário esportivo AS.

O Real joga nesta terça em Madri sua segunda partida pela Copa da Paz, contra a LDU. Kaká não estará em campo, mas lembrou da emoção que sentiu em sua apresentação.

A reação da torcida me emocionou, tanto que quase me fez chorar disse, sobre a presença de 50 mil torcedores no Santiago Bernabéu no dia de sua apresentação como novo reforço.