Brasil tem melhor desempenho fora do país na luta olímpica

JB Online

DA REDAÇÃO - Terminado o Sul-Americano de luta olímpica, em Lima, no Peru, a equipe brasileira alcançou feito inédito. Ao todo, foram conquistadas 17 medalhas - melhor resultado na história da modalidade em competições fora do país. No primeiro dia do torneio, a equipe do estilo greco-romano, mesmo desfalcada e com atletas improvisados, garantiu quatro ouros e um bronze.

As meninas do Brasil entraram no tapete no segundo dia e garantiram mais dois ouros, um prata e dois bronzes. No último dia, os atletas do estilo livre não fizeram por menos e faturaram mais quatro medalhas de ouro e duas de bronze. Destaque para os irmãos Adrian e Antoine Jaoude, que faturaram duas medalhas de ouro cada, após vencer nos estilos greco-romano e livre.

- Foi a melhor participação brasileira em competições fora do país na história da modalidade. Nossos atletas, técnicos e dirigentes estão de parabéns pelo resultado histórico - disse Pedro Gama Filho, presidente da Confederação Brasileira de Lutas Associadas.