Bourdais se diz "decepcionado e chocado" com demissão

Portal Terra

RIO - A saída da equipe Toro Rosso deixou o piloto Sebastien Bourdais extremamente decepcionado. Depois de um ano e meio e 25 corridas pela equipe, o francês sai antes do GP da Hungria, no qual a Toro Rosso deve trazer um novo pacote para melhorar o desempenho do carro.

- Estou muito decepcionado e chocado com a decisão tomada pela escuderia Toro Rosso, de não permitir que eu pilote pela equipe até o final desta temporada - desabafou Bourdais, em nota oficial. - Eu estou ainda mais frustrado pela decisão considerando que ela foi tomada logo antes do GP da Hungria. Estou convencido de que, se tivessem me dado a chance de correr com esse novo pacote, eu teria a oportunidade de alcançar resultados satisfatórios.

A demissão de Bourdais não sairá barata para a Toro Rosso. O piloto considera até tomar medidas legais para ser ressarcido pela quebra do contrato. Pela equipe, o francês conseguiu apenas seis pontos no Mundial de F1. A direção da Toro Rosso alegou que ele não correspondeu às expectativas nesta temporada.

- Acredito que nada no meu comportamento legitima uma decisão de a equipe encerrar meu contrato. A decisão é uma clara violação da Toro Rosso às obrigações que estavam acordadas. Instruí meus advogados a revisarem essa situação, incluindo a possibilidade de tomar um procedimento legal - explicou o piloto, que aproveitou para agradecer ao apoio dos que torceram por ele na F1.

- Finalmente, gostaria de agradecer a todos os meus fãs pelo apoio. Minha motivação está intacta e eu vou continuar fortemente ligado ao meu projeto de Fórmula 1, pelo qual renunciei à minha carreira nos Estados Unidos - disse Sebastien Bourdais.