Leonardo é aprovado em curso de técnicos na Itália

Agência ANSA

MILÃO, ITÁLIA - Novo técnico do Milan, o brasileiro Leonardo foi aprovado nesta quarta-feira no curso de preparação para treinadores profissionais e poderá dirigir a equipe italiana nesta temporada, já que o antigo técnico, Carlo Ancelotti, foi para o Chelsea.

- Exames são exames, sem frio na barriga você não os faz. Estou contente com o resultado - comentou Leonardo em entrevista ao canal de TV italiano Sky Sport 24. O brasileiro foi admitido nos testes graças a uma determinação da Federazione Italiana Gioco Calcio (FIGC).

A instituição que controla o futebol profissional no país dá o aval a qualquer técnico que tenha disputado como jogador uma Copa do Mundo. Como Leonardo integrou a seleção de Parreira campeã em 1994, sua aprovação nos exames era dada como certa, e foi confirmada hoje.

- É um percurso difícil, longo, mas é justo fazê-lo - declarou o novo técnico, acrescentando que se sente melhor nesta função depois de ter passado pelos exames da FIGC.

O brasileiro ressaltou que se tornar treinador do Milan foi inesperado. Ele também agradeceu aos jogadores pelo que foi feito até agora na pré-temporada.

- Há uma resposta imediata da parte deles. Sem isto, teria sido impossível iniciar. Assim, espero que possamos obter resultados importantes - analisou Leonardo, que terá a missão neste ano de colocar o Milan novamente no caminho dos títulos, já que a última temporada passou em branco para o clube do premier Silvio Berlusconi.

Para suprir a perda de seu principal jogador, o meia Kaká, o Milan tenta agora contratar Luis Fabiano, do Sevilla. O clube italiano fez uma oferta de 14 milhões de euros pelo jogador, mas o time do atacante quer 25 milhões de euros.