Clima de nostalgia marca despedida do Flu das Laranjeiras

Rodrigo Viga , Portal Terra

RIO DE JANEIRO - O Fluminense se despediu nessa terça-feira das Laranjeiras. O clube carioca começa a treinar depois do jogo contra o Corinthians no CFZ, clube do ex-jogador Zico. O clima de nostalgia tomou conta dos jogadores no treino de despedida dessa terça.

O técnico Parreia, que lutou para que o time treinasse em uma estrutura melhor e mais moderna, deu o tom de saudade.

"Já bateu saudade. Até pedi ao fotógrafo para fazer uma imagem minha ali naquela parte escrita em vermelho: Campeão Brasileiro de 1984. Quero guardar com o maior prazer.", disse o treinador.

"Foram muitos anos aqui, minha primeira passagem no Fluminense foi em 69. Passei por muitas coisas boas e positivas, sempre teremos saudade. Não queremos deixar isso aqui para trás. Não estamos saindo porque a sede está incomodando. Futebol hoje exige espaço, e o Flu precisa crescer nessa área. Precisamos dar esse conforto aos jogadores, com estrutura para trabalhar. Os sócios também terão mais conforto e poderão aproveitar melhor o lazer que o clube pode proporcionar. Todo mundo sairá ganhando", avaliou Parreira.