Dunga agradece jogadores após taça: "são verdadeiros homens"

Allen Chahad, Portal Terra

JOHANESBURGO, ÁFRICA DO SUL - Dunga apontou a postura dos jogadores como a principal responsável pelo título da Copa das Confederações, neste domingo, em Johannesburgo. A Seleção bateu os Estados Unidos de virada por 3 a 2, no Estádio Ellis Park.

- Primeiramente, temos uma equipe muito comprometida. Os atletas são muito capacitados. São verdadeiros homens. Estão conosco há 29 dias, sem férias, sem família, sem nada. Hoje falei com eles que, se pudemos até aqui, podemos muito mais. Temos total confiança neste grupo - contou.

O treinador voltou falar sobre o cansaço dos jogadores. Como a maioria atua nos gramados europeus, está em fim de temporada.

- Como toda final, foi duro. Para buscar um resultado depois de levar um 2 a 0, só quando tem homens - disse.

Ao final do primeiro tempo, os americanos venciam por 2 a 0. O Brasil estava apático e parecia sem poder de reação. Mas a postura mudou no segundo tempo. Dois gols de Luís Fabiano e um de Lúcio deram o título ao time de Dunga.

- Corrigirmos o posicionamento. Levamos a equipe mais para cima para pressionar o adversário. Fizemos um gol no começo e depois demos mais velocidade com as substituições - analisou o técnico, que colocou Elano e Daniel Alves nas vagas de Ramires e André Santos.