Campeã, Seleção retorna ao Brasil sem sua maior estrela

Celso Paiva e Renato Pazikas, Portal Terra

JOHANESBURGO, ÁFRICA DO SUL - Depois da conquista do terceiro título da Copa das Confederações, a Seleção Brasileira saiu da África do Sul na madrugada desta segunda-feira de Johannesburgo com destino ao Rio de Janeiro. A principal ausência no vôo de volta ao Brasil será o meia Kaká, principal nome da equipe.

Eleito melhor jogador da competição, após a vitória por 3 a 2 sobre os Estados Unidos, o jogador segue de Johannesburgo direto para Madri, onde se apresentará no Real Madrid. Além de Kaká, outro jogador que não viajou com o grupo foi o meia Julio Baptista, que irá a Roma acertar alguns acordos.

Não há prevista nenhuma comemoração em território brasileiro para receber os campeões da Copa das Confederações. Na chegada ao Rio de Janeiro, o grupo se divide. Para São Paulo, só seguem cinco jogadores: Luisão, André Santos, Elano, Robinho e Luís Fabiano, artilheiro do torneio na África do Sul.

O técnico Dunga segue rumo a Porto Alegre para encontrar sua família. Com o treinador devem seguir para a capital gaúcha, os colorados Nilmar e Kléber, que encaram na próxima quarta-feira a decisão da Copa do Brasil, contra o Corinthians, no Beira-Rio.

Outros atletas seguem para encontrar suas famílias em outras regiões do país, como é o caso do zagueiro Lúcio, que irá para Brasília.

- Não vejo a hora de encontrar minha família - afirmou o capitão, após marcar o gol do título e levantar a taça no Estádio Ellis Park, em Johannesburgo.