Dunga e Jorginho deram a cara por mim, diz Felipe Melo

Renato Pazikas, Portal Terra

JOHANESBURGO, ÁFRICA DO SUL - Titular absoluto da Seleção Brasileira, o volante Felipe Melo fez questão de agradecer mais uma vez ao técnico Dunga e ao auxiliar Jorginho pela chance que teve de mostrar seu futebol com a camisa amarela.

Ele foi convocado pela primeira vez em fevereiro deste ano para o amistoso contra a Itália, em Londres. O Brasil venceu por 2 a 0, Felipe foi titular e nunca mais deixou o time. Já foram nove partidas sem ser substituído, com oito vitórias e um empate.

- Dunga e Jorginho deram a cara por mim. A minha primeira convocação foi contestada por 99,9% de vocês. É normal, mas muitas pessoas sabiam que eu estava fazendo um bom trabalho - diz o jogador da Fiorentina, que recentemente entrou na lista de reforços da Inter de Milão.

- Tenho uma nação, um povo para defender. Quero fazer história pela Seleção - completa o camisa 5, que já marcou dois gols pela equipe de Dunga (contra os Estados Unidos, na primeira fase da Copa das Confederações, e diante do Peru, nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo).

Felipe terá novamente os americanos pela frente, desta vez na decisão de domingo, às 15h30 (horário de Brasília), no Ellis Park, em Johannesburgo. O brasileiro acredita que a postura do adversário será diferente do jogo anterior, quando foram derrotados pelos brasileiros por 3 a 0.

- Esse jogo vai ser uma história diferente. Os Estados Unidos vão vir com outra proposta e vamos tentar fazer o gol o mais rápido possível. Mas temos que ter a confiança de não tomar gol, é o mais importante. Lá na frente com certeza faremos um.