Ferrari volta a falar em Valentino Rossi na F1

Portal Terra

PARIS - Hexacampeão da Moto GP e com testes pela Fórmula 1 no currículo, a bordo de uma Ferrari, o italiano Valentino Rossi voltou a ter seu nome ligado à escuderia de Maranello. Desta vez, quem comentou a possibilidade de o piloto mudar de categoria foi Luca di Montezemolo, presidente da montadora.

Ao jornal La Reppublica, Montezemolo considerou a contratação de Rossi para ser um terceiro piloto da Ferrari, no caso de a F1 passar a ter três carros por equipe, como se cogitou no início do ano. - Quando soube da possibilidade, ele (Rossi) até mudou sua expressão - declarou o dirigente.

Sobre a possível adoção de três carros por equipe no grid, Montezemolo se disse "muito favorável". A mudança na regra pode ser aplicada depois que a Associação de Equipes (Fota) da F1 entrou em um acordo com a FIA, na última quarta, para a realização das temporadas seguintes da categoria.

Antigo sonho da Ferrari, a adoção de três pilotos por equipe faz parte de uma série de inovações que os dirigentes da F1 estudam para as temporadas seguintes da categoria.