Decepcionado, técnico diz que EUA aprenderam lição

Allen Chahad e Renato Pazikas, Portal Terra

PRETÓRIA, ÁFRICA DO SUL - Decepcionado com a atuação de seu time na derrota por 3 a 0 para o Brasil nesta quinta-feira, o técnico Bob Bradley disse que os Estados Unidos aprenderam a lição na partida válida pela segunda rodada da Copa das Confederações. Para o treinador, a seleção americana não pode entrar desligada em jogos de grandes competições.

- A lição mais importante foi a que levamos no começo do jogo. Não adianta nada classificar para uma grande competição, como uma Copa do Mundo, por exemplo, e perder jogos por desatenção nos primeiros minutos - analisou.

O Brasil abriu o placar aos 8min do primeiro tempo, com Felipe Melo. Aos 18min, Robinho ampliou a contagem para os brasileiros. No segundo tempo, Maicon fechou a vitória aos 16min.

- Levar dois gols no começo do jogo nos colocou em uma situação muito difícil. Jogar contra o Brasil já não é fácil, assim ficou ainda mais complicado - disse o técnico dos Estados Unidos, que encerram a participação na primeira fase da Copa das Confederações no domingo, contra o Egito.

Bob Bradley ainda reclamou da segunda expulsão de seu time na competição. Na derrota por 3 a 1 para a Itália, Clark recebeu o cartão vermelho no primeiro tempo. Contra o Brasil, Kljestan deixou os Estados Unidos com um a menos na segunda etapa.

- Um cartão vermelho pela segunda vez é muito decepcionante. Estamos tentando fazer o melhor, mas decisões como essas dos árbitros diminui as nossas possibilidades - disse.