Pato e Nilmar garantem que estão prontos para jogar

Renato Pazikas, Portal Terra

RECIFE - Eles estão no coração da torcida do Internacional. Um deles é o destaque da equipe atual, finalista da Copa do Brasil. O outro jogou pouco, mas entrou para a história com a conquista do título mundial em 2006.

Eles jogam de maneira semelhante. Apostam na velocidade para deixarem para trás os defensores e ainda são artilheiros pelos clubes que passam. Alexandre Pato e Nilmar são muito parecidos, mas só um deles defenderá a Seleção na quarta-feira, contra o Paraguai.

Com a suspensão de Luís Fabiano, expulso contra o Uruguai, os atletas disputam uma vaga no ataque ao lado de Robinho. Em Montevidéu, Nilmar ficou no banco, mas o técnico Dunga deixou claro que isso não é um indício de que ele leve alguma vantagem.

Independente de quem entre em campo no Estádio do Arruda como titular, Pato e Nilmar garantem que estão preparados para assumir a responsabilidade e fazer os gols pela Seleção.

- Não sei o que passa na cabeça dele (Dunga), mas estou consciente de saber que a Seleção Brasileira estará bem servida. Espero continuar jogando bem para ter minhas oportunidades - afirma Nilmar.

Pato também espera uma chance, mas reconhece que Luís Fabiano é insubstituível.

- Ele é o titular absoluto e merece essa condição, mas estou ali esperando. Se precisar de mim, vou fazer o meu melhor para o Dunga e para a Seleção.

Além da vaga no ataque, o treinador terá de decidir quem será o lateral-direito contra os paraguaios. Maicon, que não jogou sábado por causa de uma lesão na coxa, está pronto para voltar, mas Daniel Alves vive ótimo momento e briga pela titularidade.