Paraguai muda meia equipe para enfrentar Brasil

Agência AFP

ASSUNÇÃO, PARAGUAI - O técnico do Paraguai, Gerardo Martino, deve fazer ao menos seis mudanças para enfrentar o Brasil na próxima quarta-feira, em Recife, pela 14ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo da África do Sul, informaram fontes da Associação Paraguaia de Futebol (APF), nesta segunda.

Salvador Cabañas, o atacante do América do México, voltará ao time após cumprir um jogo de suspensão, contra o Chile.

O "carrasco" do Flamengo na passada Copa Libertadores e chamado de 'Gordinho' por sua forma robusta, é uma das esperanças do Paraguai após a derrota para o Chile, por 2 a 0, em Assunção, no sábado.

Cabañas poderá ter a companhia de Dante López, campeão mexicano com o Pumas.

López entraria no lugar de Oscar Cardozo (Benfica), que não apareceu contra o Chile, e Cabañas substituiria Nelson Haedo (Borussia Dortmund), ambos suspensos por cartões amarelos.

O artilheiro Roque Santacruz, que vem de uma longa contusão, deve ser chamado para o banco.

Na defesa entrará Darío Verón (Pumas, México), com a saída de Paulo da Silva (Toluca, México), para acompanhar Julio Cáceres (Boca Juniors) na zaga central.

Na ausência de Claudio Morel Rodríguez (Boca Juniors), permanecerá como lateral esquerdo Denis Cañiza (Olimpia), que contra o Chile deu lugar ao habilidoso Alexis Sánchez.

No setor intermediário, Edgar Barreto, que jogou gripado contra o Chile e sentiu a coxa direita, deve ser substituído por Eduardo Ledesma, do Lanús argentino. Para o lugar de Enrique Vera (América, México), está cotado Jonathan Santana (San Lorenzo, Argentina).

Entre os que permanecerão no time estão Cristian Riveros (Cruz Azul, México) e Víctor Cáceres (Libertad).

As alterações ocorrem quando acende a luz amarela no Paraguai, que somou apenas 1 ponto nas últimas três partidas das eliminatórias, após empatar com Equador (1-1) e perder para Uruguai (2-0) e Chile (2-0).

Apesar dos últimos resultados, o Paraguai, com 24 pontos, é o vice-lider das eliminatórias, superado apenas pelo Brasil.

As últimas partidas do Paraguai nas eliminatórias são contra Bolívia, Argentina e Colômbia.