Ney Franco está à espera de um atacante

Thales Soares, Jornal do Brasil

RIO - Diego, Jean Carioca e Jean Coral. Três apostas do técnico Ney Franco que não deram certo e já foram deixadas de lado. Sem Reinaldo, ainda machucado, e Maicosuel, negociado com o Hoffenheim, ele sofre para encontrar uma solução. Para o jogo deste sábado contra o Sport, Laio foi o escolhido. Aos 20 anos, ele ganhará a sua primeira oportunidade como titular. Mas o treinador ainda espera por um reforço para o setor.

Na semana que vem, a gente pode ter alguma novidade. A diretoria já está negociando com um jogador revelou o técnico.

A aposta em Laio vai de encontro ao seu desempenho nas categorias de base. Vice-artilheiro do Torneio Octávio Pinto Guimarães no ano passado, com 14 gols, ele chamou a atenção de Ney Franco, que não teme lançá-lo num momento complicado para o time.

Puxei o Laio das categorias de base, onde vinha demonstrando qualidade, marcando muitos gols. Inclusive, no amistoso de quarta-feira contra o Brasil de Pelotas, ele fez um gol. Vamos ter dois homens de referência com ele e o Victor Simões em campo para aproveitar melhor as jogadas de bola parada comentou o treinador.

Ney Franco insistiu no treinamento de cobranças de escanteio, que se tornaram uma grande arma do Botafogo com a volta de Lucio Flavio. O jogador, inclusive, mostrou categoria no coletivo desta sexta-feira ao marcar um bonito gol de perna esquerda, de fora da área.

Ele deixa o nosso time mais forte. Ganhamos em experiência com a presença do Lucio, além de sua importância nas cobranças de falta e escanteios. O adversário passa a ter uma preocupação a mais em campo disse Ney Franco.

Outras mudanças

Além da entrada de Laio no ataque, Ney Franco optou por Teco para compor o trio de zagueiros com Juninho e Leandro Guerreiro. O jogador fez sua estreia contra o Brasil de Pelotas, quarta-feira, depois de dois anos afastado por lesão. Renan, ainda com dores musculares, fica fora e o goleiro uruguaio Castillo segue como titular.

No coletivo, os reservas venceram por 4 a 1, com dois gols de Tony, um de Renato e outro de Laio, que atuou a primeira parte do treino como titular. Lucio Flavio descontou e mostrou preocupação com a falta de comunicação do time em campo.

- Percebi que este time fala pouco. Os jogadores precisam se comunicar mais. Tenho liberdade para conversar com os jogadores e farei isso sempre que for necessário afirmou Lucio Flavio.