Finalmente ganhei a Liga dos Campeões, desabafa Henry

Agência AFP

ROMA, ITÁLIA - Derrotado na final da edição de 2006 pelo mesmo Barcelona, época em que ainda era uma das estrelas do Arsenal, o atacante francês Thierry Henry era um dos mais satisfeitos após a vitória catalã por 2 a 0 sobre o Manchester United e o título da Liga dos Campeões conquistado nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico de Roma.

Ainda no gramado, o jogador disse que sonhava com o troféu há muito tempo e agora pode festejar o feito.

- Finalmente ganhei - ressaltou o francês. - Esperei muito tempo por este momento. Os últimos cinco minutos foram os mais longos de minha vida. Estávamos vencendo por 2 a 0, mas jogávamos contra a melhor equipe do mundo - disse Henry, acrescentando que este título era um presente que chegou no dia do aniversário de sua filha.

O presidente do governo espanhol e torcedor do Barcelona, José Luis Rodríguez Zapatero, presenciou em Roma a vitória de sua equipe na final da Liga dos Campeões contra o Manchester United, e a chamou de melhor dirigida pelo técnico Joseph Guardiola o mundo.

- Foi um grande triunfo, muito merecido. O Barcelona demonstrou ser muito superior. Fico feliz, sobretudo, por Puyol que fez uma tremenda partida. Domínio claro, é o melhor time do mundo. Vai ser difícil voltar a ver este triplo título - disse Zapatero, confirmando presença também no torneio que será disputado nos Emirados Árabes. - Disse a Platini que vamos ao Mundial - finalizou.