Contra o Vitória, Vasco sente gostinho de Série A

Márcia Vieira, Jornal do Brasil

RIO - O confronto desta quarta-feira entre Vasco e Vitória, às 19h30, em São Januário, reaviva lembranças que o torcedor cruzmaltino gostaria de esquecer. Foi a derrota por 2 a 0 para o time baiano, no dia 7 de dezembro de 2008, que sacramentou a queda do Vasco para a Segunda Divisão. Cinco meses depois, as duas equipes se reencontram, no primeiro confronto das quartas-de-final da Copa do Brasil, vivendo realidades diferentes.

Hoje na segunda divisão, o Vasco, busca recuperar o seu prestígio em uma competição que pode até levá-lo a Libertadores da América. Mas para isso precisa fazer valer a força do seu caldeirão contra um adversário da elite do futebol brasileiro e com vocação de carrasco O Vitória venceu os três últimos confrontos do Campeonato Brasileiro por placares elásticos: 4 a 1, em 2004, 5 a 0 e 2 a 0 no ano passado.

Para devolver as derrotas, o Vasco se apóia no seu bom retrospecto na temporada contra equipes de primeira divisão. Bateu o Flamengo por 2 a 0 e goleou o Botafogo por 4 a 1 , durante o Campeonato Carioca, e provou que tem fôlego para ir bem mais longe.

No primeiro confronto contra um adversário de elite antes havia eliminado o Flamengo-PI, o Central-PE e o Icasa-CE o time de Dorival Júnior terá mais uma chance de mostrar a que veio.

Não podemos esquecer que em outras edições equipes desacreditadas surpreenderam advertiu o técnico Dorival Júnior. O Vitória, teoricamente, é o nosso adversário mais difícil até agora e temos que jogar no nosso limite se quisermos vencê-los.

Para esta noite, o treinador ganhou uma dor de cabeça de última hora. Carlos Alberto voltou a sentir dores musculares e foi poupado pelos segundo dia consecutivo dos treinamentos. Se não jogar entra em seu lugar o garoto Alex Teixeira, muito cobrado por Dorival.

Ele não jogou ainda o que já fez no ano passado disse com certa irritação ao comentar que cortou o jogador da delegação que viajou para enfrentar o Icasa-CE por deficiência técnica e não para preservá-lo. Eu espero que ele tenha entendido o recado.

Já a zaga não muda, mesmo com a recuperação de Titi, que, segundo Dorival, terá de brigar por um lugar no time. No meio, Nílton entra no lugar de Mateus, que cumpre suspensão automática.

Nesta terça, Dorival Júnior ganhou mais dois reforços para a temporada. Foram apresentados o lateral-esquerdo Ernane, ex-Americano, e o atacante Robinho, ex-Volta Redonda. Antes o clube já havia contratado, os atacantes Magno, Aloísio Chulapa, o lateral-esquerdo Pará e o zagueiro Rafael Mourisco.

Ingressos roubados

Uma kombi do clube foi assaltada na manhã desta terça, na Praça Argentina, em São Cristóvão. Como não havia nenhum segurança no veículo, os ladrões não tiveram dificuldades para render o motorista e levar apenas o saco onde estavam 1.688 ingressos da partida desta quarta. Em seu site oficial, a diretoria informa a numeração dos bilhetes roubados e adverte que eles não darão acesso ao jogo.

Sobre a polêmica com a fornecedora do material esportivo, a diretoria espera que a Champs pague ainda nesta quarta R$ 1,3 milhão das parcelas já vencidas do contrato. A notificação da rescisão judicial está pronta e só não foi enviada à Justiça porque o clube espera receber a dívida.