Thiago Neves estuda pontos fracos do Corinthians

Hilton Mattos, Jornal do Brasil

RIO - Thiago Neves vive uma contagem regressiva para a realização de um sonho. Campeão da Copa do Brasil na reserva de Carlos Alberto, em 2007, o meia e camisa 10 tricolor quer se despedir do Fluminense com gostinho de um título legítimo. Antes de se apresentar ao Al-Hilal, a partir de 3 de julho, o torneio nacional é novamente a prioridade do clube neste primeiro semestre. Prioridade do clube e dele, especialmente. Para os jogos das quartas-de-final contra o Corinthians, Thiago tem analisado vídeos e sonhado com dribles e gols contra o time de Ronaldo.

A primeira partida acontece nesta quarta-feira, no Pacaembu. Thiago, que é fã declarado do Fenômeno, espera perder a timidez para trocar de camisa com o ídolo. A relíquia vai para a coleção, na casa dos pais, em Curitiba. Porém, antes de se presentear, o jogador quer presentear a torcida. Acostumado a crescer em partidas decisivas, garante estar concentrado para os confrontos em São Paulo e no Maracanã, dia 20.

Não espero só os vídeos do Parreira na preleção. Costumo assistir aos jogos dos nossos adversários, estudar os pontos fracos, as chances sobre determinados zagueiros e imaginando dribles e gols revelou Thiago Neves, durante lançamento do novo uniforme tricolor.

O Corinthians já está mapeado. Thiago, no entanto, não revela o caminho das pedras. Mas adverte: concentração não vai faltar contra a equipe considerada por ele uma das melhores do Brasil.

Eles são favoritos. Estão num momento melhor que o nosso. Mas nós não vamos facilitar a vida deles. Da minha parte, mudei a minha a rotina para esses jogos finais da Copa do Brasil. Quero ser campeão jogando e farei de tudo para ajudar o Fluminense.

Embora sua permanência seja de mais dois meses nas Laranjeiras, o futuro do time é preocupante em caso de uma eliminação. A exemplo da derrota na Libertadores, em 2008, o meia teme que o grupo fique abatido. Assim, caso o Fluminense não alcance seu objetivo, ele pede que a torcida continue apoiando o time na sequência do Campeonato Brasileiro.

Não será o fim do mundo. Se perdermos, será para um dos favoritos ao título observou.

Preocupado em conter a irritação da torcida diante de um fracasso na competição, Thiago discursa também em defesa de Fred. O atacante não tem sido o diferencial que se esperava. O meia, por sua vez, destaca outras características do camisa 9 que não apenas o faro apurado de gol.

Ele tem nos ajudado bastante. Mesmo cansado, corre, segura a bola, faz falta, volta para marcar enumera.

Novo uniforme domingo

A nova coleção de jogos de camisa do Fluminense foi inspirada nas tradições do clube. O uniforme número 1 resgata a camisa usada em 1984 na conquista do Brasileiro. Já a camisa branca lembra o modelo usado em 1907, com faixas diagonais nas cores verde e grená. Ambas trazem a Taça Olímpica estampada no lado direito. A previsão de estreia do novo uniforme é domingo, diante do Barueri, em São Paulo.