"Temos que acreditar", diz atacante do San Martín

Agência AFP

DA REDAÇÃO - O atacante colombiano Martín Arzuaga, da Universidade San Martín, admitiu nesta segunda-feira que derrotar o Grêmio no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, será uma tarefa "dura e difícil".

Grêmio e San Martín jogam na próxima quarta-feira a partida de volta pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores.

No jogo de ida, realizado em Lima, os gaúchos venceram os peruanos por 3 a 1.

- Vai ser uma partida dura e difícil, mas temos que acreditar em um bom resultado, já que disputamos nossa permanência na Libertadores - disse Arzuaga à imprensa.

Já o atacante Pedro García se mostrou mais otimista e assinalou que "as eliminatórias para os 'santos' ainda não terminaram".

- É preciso acreditar e mentalizar isto, que vamos avançar na Copa Libertadores e que apesar do Grêmio ser complicado, não vamos baixar a guarda.

O técnico da equipe peruana, Víctor Rivera, realizará várias mudanças para o jogo de volta, devido a contusões e para dar mais pegada à equipe.

Guillermo Salas substituirá o lateral esquerdo Roberto Guizasola, que está machucado. O volante argentino Gonzalo Ludueña voltará à equipe, após se recuperar de uma contusão.

O vencedor do confronto enfrentará nas quartas-de-final o ganhador da disputa entre Desportivo Caracas e o equatoriano Desportivo Cuenca.