O 1º mundo é aqui: Adriano, Ronaldo e Fred agigantam o Brasileiro

Hilton Mattos, Jornal do Brasil

RIO - Depois de muitos anos, a frase os nossos melhores jogadores estão lá fora cairá um pouco em esquecimento. Com a repatriação de Adriano, apresentado quinta-feira no Flamengo, o Campeonato Brasileiro, que já contava com atacantes em grande fase, terá, além do Imperador, Ronaldo e Fred jogadores de nível internacional e que estiveram na Copa do Mundo da Alemanha, em 2006.

Com o retorno do trio ao futebol brasileiro, o país pentacampeão está em vias de ganhar mais projeção internacional e inspirar outros craques a fazer o caminho de volta. Segundo especialistas ouvidos pelo JB, o principal campeonato do país tem tudo para ser o mais disputado dos últimos anos.

Crescimento de assinatura da tevê fechada e aumento de público nos estádios. São expectativas criadas em cima do nível técnico deste ano. Os jogos envolvendo o Fluminense nos próximos 10 dias, por exemplo, prometem grandes encontros. Neste domingo, o time enfrenta o São Paulo de Washington e nos dias 13 e 20 pega o Corinthians de Ronaldo pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Se a gente pensar, temos este ano Fred, Adriano, Reinaldo, Washington, Kleber Pereira, Keirrison, Ronaldo, Nilmar, Maxi López, Alex Mineiro, Kléber, Diego Tardelli, estes jogadores, sem dúvida, darão um brilho à artilharia e um charme extra ao campeonato. Isso valoriza a competição analisou Paulo Roberto Falcão, ex-jogador e comentarista esportivo.

Ídolo do Internacional nos anos 70, o ex-apoiador só não concorda quando se fala em repatriação. Sem tirar o mérito de Flamengo, Corinthians e Fluminense, ele considera que somente Adriano fez o caminho de volta. Fred e Ronaldo não tiveram, segundo ele, tanta oferta assim do mercado internacional.

Nos tempos de Flamengo, Zico conquistou quatro Brasileiros (80, 82, 83 e 87) e duas artilharias (80 e 82). Da Rússia, onde dirige o CSKA Moscou, o eterno camisa 10 da Gávea comemorou a chegada do Imperador. Zico fez apenas uma advertência: para ele, depois das contratações, o segundo passo para tornar o campeonato atrativo é ver os citados reforços justificando o alto investimento.

É sempre bom contar com grandes jogadores em qualquer campeonato. Valoriza a competição, motiva a torcida, a qualidade aumenta. Isso tudo desde que eles possam estar em campo sempre, como tem sido o caso do Ronaldo e do Fred ressaltou o Galinho de Quintino, numa alusão às recentes lesões do atacante do Corinthians antes da cirurgia no joelho, em fevereiro de 2008 ainda pelo Milan, e aos sumiços de Adriano no Internazionale.

O comprometimento serve também para os clubes. Zico está otimista quanto ao sucesso do Brasileiro. A chegada dos craques será um diferencial no futebol brasileiro em 2009. E quem sabe na janela de transferência no meio do ano outros craques possam voltar.

Acredito que a volta desses jogadores (Fred, Ronaldo e Adriano) possa dar uma grande contribuição para que outros voltem, mas desde que os compromissos profissionais sejam cumpridos pelas partes completou Zico.

Em litígio com o Lyon, Fred está no Fluminense amparado financeiramente pelo patrocinador do clube. Recebe por mês, a exemplo de Adriano, R$ 350 mil R$ 50 mil a menos que Ronaldo. Se todos tivessem as mesmas garantias, ele aconselharia o retorno.

Caso haja algum problema com um jogador lá fora, ele levará em conta que muitos craques estão aqui. Hoje, o futebol brasileiro está mais organizado, com o apoio de grandes empresas. E isso é um facilitador enorme diz Fred.