Efeito Adriano ainda mexe com o Fla: promessa de parceiro e 2 reforços

Julio Calmon, Jornal do Brasil

RIO - O torcedor do Flamengo anda sem tempo até para respirar. Depois de comemorar intensamente o histórico tricampeonato carioca, que deu ao clube a supremacia em número de títulos estaduais, o time seguiu a semana em ritmo de festa com a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil e a pomposa apresentação oficial do atacante Adriano. Domingo, às 16h, o Flamengo faz sua estreia no Campeonato Brasileiro, em Belo Horizonte, contra o temido Cruzeiro, dando continuidade à maratona de jogos importantes. É o início da competição mais importante da temporada. E a pressão para conquistar o título que não acontece há 17 anos vem da própria diretoria.

Depois de ver o São Paulo assumir a liderança em número de títulos no Brasileiro no ano passado, o Flamengo não quer repetir os erros da última temporada - quando o time liderou boa parte do campeonato, mas se perdeu depois de ver Renato Augusto, Marcinho e Souza saírem do clube. A estratégia do vice-presidente de futebol Kleber Leite é contratar jogadores da janela de transferência.

Não podemos cair no mesmo erro do ano passado, quando perdemos jogadores e caímos na tabela disse Kleber. Faremos duas contratações pontuais. Tudo será resolvido nas duas próximas semanas.

Quem está perto é Lucio Flavio. Kleber Leite confirmou que tem interesse no jogador, que não está sendo aproveitado no time do Santos. A vinda do meia poderá acontecer com uma troca com Obina.

Estamos conversando. O Santos me procurou para propor uma troca com o Leonardo Moura, mas o Flamengo só negocia um jogador titular se pagarem a multa rescisória explicou Kleber. Há uma situação que o Lucio Flavio precisa resolver com a diretoria do Santos.

O dirigente aproveitou para negar a informação que circulou nesta sexta de que o Flamengo não teria ainda o patrocinador para bancar os salários do atacante Adriano, que se apresenta ao clube na segunda-feira e passa a semana fazendo uma bateria de exames médicos e físicos. Só no dia 18, ele treinará com a equipe.

Não podemos falar o nome da empresa por uma estratégia de marketing, mas está tudo acertado. O Flamengo não pagará sequer um terço do salário do jogador disse Kleber Leite, que assegurou que os problemas de salários atrasados estão próximos de um fim definitivo na semana que vem. Estamos próximos do fim, com uma situação de geração de receitas.

Já o empresário do atacante, o ex-goleiro Gilmar Rinaldi, disse que ele não fez um contrato de risco com o clube.

Fizemos um contrato com o jogador e as partes que interessam estão acertadas. Não há perigo afirmou Rinaldi.

Nesta sexta, o técnico Cuca confirmou que não poupará ninguém no jogo de amanhã. Mesmo com um importante jogo na quarta-feira, contra o Internacional, pela Copa do Brasil, o time será o mesmo que venceu o Fortaleza, com Everton fazendo dupla de ataque com Emerson e Welinton entrando na vaga deixada pelo aposentado Fábio Luciano.

Viajamos um dia antes dos jogos e voltamos um dia depois, já à noite, para que os jogadores descansem. Não há desgaste explicou Cuca.