Atlético-MG reage e empata com Avaí

Portal Terra

FLORIANÓPOLIS (SC) - O Atlético-MG começa a dar seus primeiros passos para se recuperar dos baques de cair no Campeonato Mineiro e na Copa do Brasil. Jogando na Ressacada, a equipe de Belo Horizonte empatou em 2 a 2 com o Avaí na estreia do Campeonato Brasileiro, depois de estar perdendo por 2 a 0.

Essa foi a reestreia do Avaí na primeira divisão do Campeonato Brasileiro depois de 30 anos, que contou com a presença de um ilustre torcedor nas arquibancadas: Gustavo Kuerten, o Guga.

O primeiro tempo foi truncado, com muitos passes errados e finalizações para fora. Logo na primeira chance de real perigo saiu o primeiro gol do Avaí. Aos 24min, Odair cruzou pela esquerda e Evando aproveitou a bobeira da defesa atleticana para desviar para o gol. A melhor chance do Atlético-MG no primeiro tempo veio com chute cruzado de Éder Luís, aos 37min.

A situação do Avaí se complicou aos 38min, quando Odair se machucou e precisou ser substituído. Isso prejudicou o setor criativo do time da casa, que já não contava com o meia Marquinhos lesionado. Com isso, Muriqui e Evando passaram a agir mais na armação de jogadas.

O segundo tempo voltou mais movimentado, com Márcio Araújo criando jogadas para o Atlético-MG. A reação do visitante não durou muito tempo, pois, aos 14min, Muriqui invadiu a área e bateu na saída de Juninho, fazendo o segundo gol do jogo.

O Avaí aproveitou o bom momento e continuou a apertar. William aproveitou cruzamento de Evando e quase fez o terceiro gol. O Atlético-MG voltou a atacar, enquanto o time da casa passou a apostar no contra-ataque. Os mineiros cresceram no jogo e conseguiram descontar aos 23min, com Alessandro, que matou no peito cruzamento de Junior e fez um belo gol.

Os visitantes continuaram a pressão e encontraram o segundo gol aos 32min, novamente em bola cruzada. Tardelli chutou pela esquerda e Carlos Alberto completou para as redes. A virada quase saiu aos 39min, quando Alessandro acertou uma cabeçada no travessão.

O Atlético-MG continuou no ataque até os instantes finais buscando a virada. O ala Junior criava as principais jogadas, especialmente com cruzamentos. O Avaí aceitou o empate e teve em chutes de longa distância suas últimas armas em busca da vitória.

Ficha Técnica

Gols

Avaí: Evando, aos 24min do 1º tempo, e Muriqui, aos 14min do 2º tempo.

Atlético-MG: Alessandro, aos 23min do 2º tempo, e Carlos Alberto, aos 32min.

Lance bizarro

Aos 8min do segundo tempo, Élder Granja tentou dominar a bola, mas ela passou embaixo de seu pé e saiu pela lateral

Ponto Forte do Avaí

Ataque, com Evando, William e Muriqui, trouxe muito perigo ao gol de Juninho

Ponto Fraco do Avaí

Defesa deixou espaços para Alessandro e Carlos Alberto

Ponto Forte do Atlético-MG

Bolas cruzadas na área levaram bastante perigo

Ponto Fraco do Atlético-MG

Élder Granja, muito mal na partida, fez com que a ala direita fosse o pior setor

Personagem do jogo

Celso Roth, que colocou no segundo tempo Alessandro e Carlos Alberto, autores dos gols do Atlético-MG

Esquema Tático Avaí

4-4-2

Eduardo Martini; Ferdinando, André Turatto, Emerson e Uendel; Marcus Winícius, Léo Gago, Odair (Ricardinho) e Muriqui; William (Lima) e Evando (Luís Ricardo); Técnico: Silas

Esquema Tático Atlético-MG

3-5-2

Juninho; Werley (Thiago Feltri), Welton Felipe e Leandro Almeida; Élder Granja (Carlos Alberto), Renan, Márcio Araújo, Fabiano (Alessandro) e Júnior; Éder Luís e Diego Tardelli; Técnico: Celso Roth

Cartões Amarelos

Avaí: Ricardinho

Atlético-MG: Éder Luís e Carlos Alberto

Árbitro

Rodrigo Nunes de Sá (RJ)