Conheça Marta por US$ 35: pacote para tirar foto com a brasileira

Thales Soares, Jornal do Brasil

RIO - No site oficial do Los Angeles Sol, time da liga americana de futebol feminino (WPS), a imagem de Marta é uma constante. Afinal, ela foi contratada para ser a embaixadora na nova empreitada dos Estados Unidos para profissionalizar o esporte. Por isso, seu nome e sua presença são necessários para promover os jogos. Para este domingo, além da promoção do Dia das Mães, é possível adquirir o Meet Marta Pack (Pacote Conheça Marta), que custa de US$ 35 (R$ 75) a US$ 100 (R$ 214).

A promoção inclui um ingresso para o confronto com o Boston Breakers, neste fim de semana, e outro para o dia 3 de junho, quando o adversário será o Chicago Red Stars. Depois do jogo de domingo, as 100 primeiras pessoas que adquirirem o pacote terão a oportunidade de conhecer e tirar uma foto com Marta, numa área reservada do Home Depot Center.

Marta é incrivelmente popular com os fãs do futebol em Los Angeles. Esse pacote é uma grande oportunidade não só para eles poderem ver a Marta, mas também de conhecê-la pessoalmente. Temos um número limitado de ingressos e eles estão sendo vendidos de forma muito rápida. Afinal, não é todo dia que você tem a chance de conhecer a melhor jogadora do mundo explicou o diretor de marketing do Los Angeles Sol, Shelby Russell, lembrando que ela foi eleita pela Fifa a melhor do mundo nos últimos três anos.

Marta hoje é um produto bem conceituado no mercado. Ela tem contratos longos com a Puma e a Amway, além da Tim. Há quatro anos como empresário da jogadora, Fabiano Farah também administra a carreira de Ronaldo, do Corinthians.

Antes a Marta só recebia material da Puma. Agora, também inclui uma quantia em dinheiro. Ela é a principal contratada da empresa quando se trata de futebol feminino. São contratos altamente qualitativos comentou Fabiano, que só aceitou negociar com os donos do Los Angeles Galaxy, antes da existência do Sol, depois da confirmação da criação da WPS. Sem profissionalismo, a Marta não teria ido para os EUA. Ela passou a ser como commodities, que é um retorno imediato após o investimento.

O contrato de Marta com a Amway é uma situação semelhante à relação de Ronaldo com o Corinthians. O patrocínio é condicionado a presença da jogadora e inclui participação em peças publicitárias com vídeos e fotos, além de um trabalho de relações públicas, dependendo da estratégia.

Mas nesse caso do pacote de ingressos, é uma ação do Sol. O contrato dela prevê uma atividade profissional, com direitos e deveres. Numa ação após o jogo, não há problema. Pois o tempo não será tão grande, seria quase como uma entrevista coletiva disse Fabiano, que iniciou a negociação para Marta jogar nos Estados Unidos há dois anos, com os donos da AEG, que administram as franquias do Galaxy e do Sol.

Daniela fora

Depois de marcar dois gols no empate em 3 a 3 com o Washington Freedom, a brasileira Daniela Alves, do Saint Louis Athletica, deixou o campo machucada ao ser atingida por um carrinho da americana Abby Wambach. O médico Robert Brophy examinou a jogadora e não há previsão de retorno. Ela sofreu duas lesões de ligamento no joelho direito e uma fratura na tíbia.