Coritiba aguarda resposta para sediar Chivas x São Paulo

Elaine Felchaka, Portal Terra

CURITIBA - Depois de Colômbia e Chile recusarem ser sede da partida entre Chivas e São Paulo, pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América, Curitiba, capital paranaense, pode ser a primeira opção da equipe mexicana, caso a Conmebol vete o jogo no México.

A definição do local do jogo pode ser anunciada a qualquer momento e a diretoria do Coritiba acredita que o Estádio Couto Pereira pode ser confirmado pela Confederação.

Temos duas questões, uma é de haver liberação para o jogo ocorrer no México mesmo, que é o principal desejo do Chivas e do próprio Coritiba. A outra opção é trazer o jogo para o Brasil, e a principal opção do Chivas é fazer o jogo no Couto afirmou Roberto Pinto da Silva Junior, gerente marketing das ações do centenário do Coritiba.

Nesta segunda-feira, o Chivas publicou nos principais jornais mexicanos um agradecimento ao Coritiba pela oferta gratuita do Couto Pereira, caso o jogo não possa ser no México.

Pela parceria firmada no começo do ano, o Coritiba deixará de cobrar a taxa de locação do estádio, que varia entre R$ 80 mil e R$ 100 mil por partida. Antes disso, o clube paranaense trabalha junto aos Ministérios do Esporte e Saúde para conseguir a liberação do jogo no Brasil.

Nossa diretoria de relações institucionais está atuando junto aos Ministérios da Saúde e do Esporte para conseguir liberação oficial do Couto Pereira. Há indícios positivos dessas duas entidades, é só uma questão de horas para a liberação afirmou Roberto.

Se a partida for mesmo confirmada no Paraná, o Coritiba espera conseguir realizar uma rodada dupla no estádio, mas antes disso a equipe precisa se classificar às quartas-de-final da Copa do Brasil, eliminando o CSA, na próxima quarta-feira.

O jogo do Chivas deve acontecer somente na próxima semana, Aí se o Coritiba passar pelo CSA e a primeira partida for fora de casa, essa possibilidade será descartada comentou o gerente alviverde.