Ronaldo ataca desorganização de cartolas e agradece ao Flamengo

JB Online

SÃO PAULO - Um dos heróis da conquista do título paulista, o atacante Ronaldo criticou fortemente os dirigentes da federação paulista de Futebol logo após o empate com o Santos em 1 a 1. Segundo Ronaldo, a desorganização mostrada dentro do campo, logo após o apito final, por pouco não causou uma tragédia.

- Não tive a possibilidade de comemorar o título. Aquele momento é único e deveriamso ter mais espaço.

Este titulo é muito importante para a gente, para mim principalmente, pois depois de voltar a ser campeão, foi muito importante. Mas infelizmente não consegui comemorar. Levei várias microfonadas no rosto. A gente deve se organizar melhor.

Ronaldo criticou ainda a mistura entre fogos de artifício e papel na entrega da taça, que acabou resultando num princípio de incêndio no palco e quase queimou o zagueiro Willian.

- Aquela celebração de fogos de artifício e papel no meio de jogadores foi de uma tamanha irresponsabioldiade que tava na cara que ia dar em fogo. A gente tá só preocupado em jogar, em fazer o melhor. Deveria ter sido pensado melhor.

Ele pretende que com este alerta, a organização fique mais atenta das próximas vezes.

Fica o meu alerta: nas próximas vezes que tiver que organizar uma celebração, a gente tem que ter o máximo de segurança possível. Eu tive medo, tive de vir para o vestiário, não dei a volta olímpica, não comemorei e sinto muito - concluiu.