COI vê "garantias sólidas" para ter Olimpíada no Rio

Hilton Mattos, JB Online

RIO - Pela primeira vez, após cinco dias de visita de inspeção ao Rio, a presidente da comissão de avaliação do Comitê Olímpico Internacional (COI), a marroquina, Nawal Wl Moutawakel, falou sobre o projeto carioca. O sábado foi o penúltimo dia da delegação na cidade. O grupo de 13 pessoas embarca, neste domingo, para Madri, última das quatro candidatas a sede da Olimpíada de 2016 a ser visitada. Antes do Rio, os integrantes do COI foram a Chicago e Tóquio.

Em sua avaliação, o projeto carioca impressionou. Para El Moutawakel, o comitê da candidatura carioca conseguiu dar "garantias sólidas" de que poderá cumprir o que está previsto no dossiê. Ela ressaltou a qualidade das apresentações do Rio, que contaram com a presença, entre outros, da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

A marroquina ainda destacou a união entre as três esferas governamentais

- O que vimos aqui no Rio foi um envolvimento pesado dos três níveis de governo com o desejo de realizar os Jogos Olímpicos na cidade. Foi importante saber que o plano de abrigar a Olimpíada é algo a longo prazo para o Brasil, independentemente do governo que estiver à frente na época. O presidente Lula disse que o país está pronto para o evento.

Ela também ressaltou a participação de atletas e ex-atletas na elaboração do dossiê carioca e na apresentação da candidatura aos integrantes do COI, durante a semana.

- A presença dos atletas foi algo muito tocante.