Ex-jogador da Seleção de futsal morre após partida no Sul

Portal Terra

DA REDAÇÃO - O pivô Rabicó, com passagens pela Seleção Brasileira de futsal e Barcelona, morreu na noite desta sexta-feira ao sofrer um infarto depois do final da partida entre e Assaf e ACBF, no Ginásio Poliesportivo Municipal de Santa Cruz, no Rio Grande do Sul, válida pelo Campeonato Gaúcho de Futsal da primeira divisão.

Ainda em quadra, o veterano jogador de 39 anos, que inclusive já fazia planos de aposentadoria, sofreu um mal súbito e caiu desacordado no momento em que concedia entrevista aos repórteres, iniciando grande preocupação de jogadores, comissão técnica e torcedores. Levado com urgência ao Hospital Santa Cruz, localizado a duas horas da capital Porto Alegre, o pivô não resistiu.

Integrante da Seleção Brasileira na década de 90, Rabicó era considerado um dos ídolos da torcida do Assaf, time em que conquistou o vice-campeonato da Série Bronze em 2006. Nesta sexta-feira, o pivô participou da derrota por 6 a 3 diante da ACBF e foi o responsável pelo último gol de sua equipe na partida.