Diretor da Williams se diz frustrado com erros em 2009

REUTERS

LONDRES - A Williams cometeu erros e desperdiçou oportunidades, numa frustrante primeira parte da temporada da Fórmula 1, disse nesta quinta-feira o diretor técnico da equipe, Sam Michael. A equipe foi uma das três que começaram o campeonato com a vantagem do polêmico difusor traseiro, que outros times inicialmente tentaram proibir, e agora correm para copiar.

As outras duas equipes que o usam aproveitaram bem as quatro primeiras provas: a estreante Brawn GP lidera o Mundial de Construtores, com 50 pontos, e a Toyota vem em terceiro, com 26,5. Enquanto isso, a Williams, com motor Toyota, amarga o oitavo lugar, com apenas 3,5 pontos, marcados pelo alemão Nico Rosberg, que foi o mais rápido em 7 de 12 sessões de treinos livres até agora. O outro piloto da equipe, o japonês Kazuki Nakajima, ainda não pontuou.

O carro 'tem sido bastante rápido nas corridas iniciais, mas não tivemos resultado em termos de pontuação, e isso tem sido muito frustrante', disse Michael em uma folha de perguntas e respostas da equipe.

- Nossos rivais estão nos alcançando rapidamente, e será difícil manter a margem de desenvolvimento sobre eles durante o ano, mas esse é o nosso trabalho e vamos continuar a nos empenhar - disse.