Desafio Internacional reúne herdeiros da arte samurais no Brasil

JB Online

RIO - O Instituto Niten e a Confederação Brasileira de Kobudô organizam o 1º Desafio Internacional Kendo-Kenjutsu, entre o Japão, Brasil e Argentina. Esta é a maior comitiva que já veio do Japão para a prática do Kendo. O grupo será composto por 20 pessoas, lideradas pelo Baba Kinji Sensei, um dos mais importantes nomes do Kendo no Japão, uma das principais referências no uso de duas espadas (nito-ryu) e estudioso do kenjutsu.

Estará também presente na comitiva o mestre 7° Dan de Kendo Yukio Ouchi Sensei, da Universidade Waseda, além dos universitários da Kokushikan que praticam com Baba-Sensei.Vale ressaltar, que a Universidade Kokushikan é a número um na prática do esporte no Japão, sendo a vencedora do torneio japonês em 2007 e 2008. Detém também o maior número de vitórias na história do Japão.

No desafio internacional eles enfrentarão seleções formadas por praticantes brasileiros de kenjutsu, arte que deu origem ao kendo e que tem no Brasil o principal centro de praticantes fora do Japão

Pelo lado brasileiro, pode se dizer que há uma grande expectativa pela oportunidade de cruzar espadas com os praticantes do Japão, não só pela emoção do embate técnico, mas também pela oportunidade de um aprendizado intenso na arte e filosofia dos samurais.

Para nós será uma grande honra poder treinar e realizar este torneio com alguns dos melhores praticantes do Japão. Estamos nos esforçando para estar à altura. Mesmo assim, para nós, o evento é muito do que só a disputa. É a oportunidade de aprender mais sobre a cultura e a filosofia da arte samurai - declarou o campeão Brasileiro de Kenjutsu, o paulista Sidharta Rezende

Serão três embates, um em cada cidade que a comitiva visitará. O primeiro acontece em São Paulo, no dia 25 de abril. O segundo em Brasília, no dia 26 e no Rio de Janeiro no dia 03 de maio.