Com gols de Dodô e Romário, Brasil leva vaga para o Mundial

Portal Terra

IQUIQUE, CHILE - Um dia depois de ver a rival Argentina confirmar a sua classificação antecipada para o Mundial Sub-17 e se manter na disputa pelo título do Sul-Americano, a Seleção Brasileira fez o mesmo na noite desta quarta-feira ao vencer sua terceira partida no torneio disputado no Chile. Depois de ter dificuldades na etapa inicial, o time verde e amarelo embalou no segundo tempo e, com gols de nomes conhecidos pela torcida, como Dodô e Romário, superou a Bolívia por 3 a 0 na cidade de Iquique.

Com apenas um tropeço (diante da Colômbia), o Brasil encerra a sua campanha na primeira fase com nove pontos, na liderança do Grupo A, e não pode mais ser ultrapassado por seus rivais. Desta forma, além de garantir uma das quatro vagas para o Mundial da Nigéria, que será disputado entre 20 de outubro e 15 de novembro, se classificou para a final contra a Argentina.

Os dois melhores times da América do Sul farão o duelo pela taça apenas no dia 9 de maio, reeditando a final que já ocorreu seis vezes. Na última ocasião, em 2003, os argentinos levaram a melhor e ficaram com o título da edição disputada na Bolívia. No entanto, nos dois torneios seguintes, o troféu ficou nas mãos do Brasil ao bater Uruguai e Colômbia em 2005 e 2007.

Apesar de já ter conhecido os finalistas, o Sul-Americano ainda será movimentado nos próximos dias, com a disputa das outras duas vagas para o Mundial. Na briga estarão os segundos e terceiros lugares das duas chaves, que se enfrentarão no quadrangular decisivo, com duelos marcados para os dias 3, 6 e 9 de maio.

Os destaques brasileiros na partida, apesar de terem nomes conhecidos, atuam em posições diferentes dos atacantes que brilharam no futebol do Rio de Janeiro. Aos 4min do segundo tempo, o lateral Dodô aproveitou desvio de Gérson depois de cobrança de escanteio e, em posição de impedimento, tocou para as redes e abriu o placar. Cinco minutos depois, foi a vez de Wellington completar cruzamento de Felipinho e aumentar a vantagem.

Já aos 21min, o zagueiro Romário deixou a sua marca mostrando o oportunismo do ex-atacante da Seleção Brasileira, de mesmo nome. Depois de cobrança de escanteio e desvio de cabeça de Gérson que parou na trave, o defensor aproveitou o rebote e deu números finais ao placar.