Candidatura do Rio faz discursos otimistas à Comissão do COI

Portal Terra

RIO - Os 13 integrantes da Comissão de Avaliação do Comitê Olímpico Internacional (COI) receberam as boas vindas do Comitê de Candidatura Rio 2016 nesta quarta-feira. Antes da primeira sabatina, foi realizada uma sessão inaugural que contou com a presença de Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Rio 2016, Orlando Silva, Ministro do Esporte, e dos medalhistas olímpicos Isabel Swan e Daniel Dias.

Após a apresentação oficial da mesa, feita por Carlos Arthur Nuzman, João Havelange foi o primeiro a se dirigir aos integrantes da Comissão.

Com a minha idade, infelizmente já não tenho ambições esportivas. Mas tenho um desejo, que é oferecer ao Brasil e à América do Sul a organização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos disse, em francês, o membro do COI e presidente de honra da Fifa.

Em seguida, Carlos Arthur Nuzman assegurou que a cidade está pronta para receber os Jogos de 2016.

O Rio de Janeiro e o Brasil se prepararam para esta semana por muitos e muitos anos. Recebemos mais de 600 competições internacionais na última década e nos preparamos, ouvimos e aprendemos. Nós, no Rio de Janeiro, estamos prontos para mudar nossa história disse o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Já Orlando Silva abriu seu discurso lembrando o apoio do presidente Lula e do Governo Federal ao projeto.

Temos uma economia estável, com ambiente favorável para investimentos. Estamos convictos da nossa capacidade e nosso país está de braços abertos para receber o mundo e a família olímpica em 2016 garantiu o Ministro do Esporte.

O governador Sérgio Cabral, por sua vez, citou a hospitalidade do povo carioca e destacou que as obras visando a Copa de 2014 podem beneficiar a candidatura olímpica.

Melhorias nas áreas de acomodações, segurança e transporte servirão para os dois eventos. Em nenhum outro lugar do mundo vocês encontrarão um povo tão receptivo, que realmente ama interagir com pessoas de todas as partes do mundo disse.

O prefeito Eduardo Paes listou alguns eventos abrigados pelo Rio de Janeiro, como o Carnaval, os Jogos Pan-Americanos de 2007 e até mesmo o Reveillon de Copacabana.

Sabemos como realizar operações extremamente complexas, que envolvem milhares de pessoas declarou. Ele se referiu a pesquisas de opinião e disse que 65% dos jovens de 16 a 24 anos gostariam de trabalhos como voluntários nos Jogos Olímpicos.

Ao lado de Isabel Swan, bronze na vela em Pequim, o nadador paraolímpico Daniel Dias deu as boas vindas em nome dos atletas.

Realizei muitos sonhos, mas ainda falta realizar um: participar dos Jogos Olímpicos em uma cidade encantadora como o Rio de Janeiro e no Brasil, um país onde o esporte faz parte da vida de todos disse o brasileiro, que ganhou nove medalhas na China, quatro de ouro.