Fernando Henrique "veta" brincadeiras no Flu

Portal Terra

RIO DE JANEIRO - O Fluminense se apega nas glórias de um passado recente para salvar seu primeiro semestre - o título da Copa do Brasil de 2007 virou exemplo para o time. O goleiro Fernando Henrique, um dos campeões naquele ano, admitiu que a equipe está devendo nesta temporada e lembrou de uma frase do antigo treinador, Renato Gaúcho, para ressaltar a importância da conquista e de uma boa exibição contra o Goiás, nesta quinta-feira, em Goiânia.

- Não podemos mais brincar este ano. O título da Copa do Brasil virou a salvação do semestre. Só assim poderemos ter tranquilidade para fazer um bom Brasileiro, que não terá nada de brincadeira - afirmou o camisa 1 tricolor, lembrando-se de Renato Gaúcho, que disse que o "Fluminense iria brincar no Brasileiro" caso conquistasse a Libertadores em 2008.

Além de não ganhar o torneio continental, por pouco o clube não caiu para a Série B no fim e 2008, passando quase todo o Brasileiro na zona do rebaixamento e se livrando da degola nas últimas rodadas.

Ciente de que a equipe não está rendendo bem, Carlos Alberto Parreira deve promover três alterações em relação ao time que venceu o Águia por 3 a 0 na última quarta-feira. Uma delas é a volta de Thiago Neves. O apoiador ainda não teve seu julgamento marcado pela expulsão na primeira partida contra o Águia, por ter atirado uma bola no gandula.

Outra mudança é na lateral direita. Apesar do gol na última partida, Eduardo Ratinho cederá a vaga para Mariano, que ganha mais uma chance. Já o "herói" tricolor Maicon entra no lugar de Everton Santos e ao lado de Fred no ataque.