Boxeador brasileiro tem perna amputada

Portal Terra

BELO HORIZONTE - O ex-campeão brasileiro dos pesos pesados Gilton dos Santos teve parte da perna direita amputada, na altura da canela, devido a uma trombose. Internado há pouco menos de dois meses no Hospital Municipal Odilon Behrens de Belo Horizonte, o atleta sofria de quadro vascular raro que impedia a circulação de sangue a partir da panturrilha em direção ao pé.

Dos Santos foi submetido a mais de uma dezena de cirurgias para desobstrução das veias, porém, todas as tentativas não alcançaram os resultados esperados. - Os especialistas me prepararam e me informaram sobre a medida drástica - disse o atleta, instalado no leito 24 do setor de Cirurgia Vascular do hospital, onde se recupera da intervenção há quase uma semana.

Se tudo correr dentro da normalidade, a previsão inicial é a de que ele obtenha alta em 20 dias.

O boxeador admite que sempre suportou os sinais de que algo não estava bem com sua perna. - Havia muito tempo que eu sentia cãibras, mas sempre imaginei que fossem em razão dos treinamentos e eu procurava a recuperação por meio de alongamentos - relembra.

Mesmo no dia em que resolveu procurar os médicos, ele chegou a se exercitar pedalando mais de 15 quilômetros, pois estava se preparando para lutar. - Como as dores não cessaram me dirigi ao hospital. Nesse momento, um especialista detectou que havia algo errado com a circulação de sangue na panturrilha - destaca.

Seu último combate foi em abril de 2007 quando perdeu para George Arias.