Pressionada, FIA reduz valor de superlicença para pilotos

Portal Terra

RIO DE JANEIRO - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) cedeu ao apelo dos pilotos e reduziu nesta segunda-feira o valor para a obtenção da superlicença para os competidores. A medida valerá a partir da próxima temporada da Fórmula 1 e os novos valores não foram expostos.

Os pilotos estavam descontentes com as altas taxas cobradas a partir da temporada 2008 e já estudavam uma reclamação formal com o presidente da FIA, Max Mosley. O protesto, porém, não precisou ser feito, já que a redução foi anunciada nesta segunda, depois de uma reunião.

Seguindo uma reunião muito positiva entre o presidente Max Mosley e representantes da Associaçção de Pilotos, uma proposta será feita ao Conselho Mundial de Esportes de Motor para revisar as taxas de superlicença a partir do campeonato de 2010 disse a FIA, em nota.

Uma taxa menor refletirá nas principais reduções de custo implantadas no esporte para a próxima temporada afirmou o comunicado da FIA.