Delegado vai a SP ouvir jogador do Grêmio desaparecido

Portal Terra

SÃO PAULO - O delegado Bolívar Llantada viajou de Porto Alegre (RS) para São Paulo, nesta manhã, para colher o depoimento do jogador do Grêmio Mário Fernandes, 19 anos. O jovem, que estava desaparecido desde sexta-feira, foi encontrado na noite de ontem em Jundiaí (SP).

Segundo o diretor do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), Ranolfo Vieira Júnior, Bolívar viajou acompanhado pelos pais do zagueiro e pelo empresário Magrão.

- O delegado vai colher o depoimento dele. Para a polícia, não existe qualquer crime. O jogador é maior de idade. Desaparecer ou sair sem avisar não é crime. A partir da coleta desse depoimento, encerra a nossa participação no caso - afirmou o delegado.

Ranolfo disse que ainda é cedo para afirmar se o jogador voltará ou não a Porto Alegre. - A volta dele é uma questão contratual, entre os empresários e o Grêmio - afirmou. Mário chegou ao time gaúcho vindo do São Caetano. Ele treinava no Estádio Olímpico desde o dia 9 de março.

Ontem, a mãe do jogador falou com o rapaz por telefone, segundo Ranolfo. O delegado não informou o teor da conversa. - O que importa é que ele foi encontrado e está bem - afirmou.

Na manhã de ontem, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul já havia descartado a possibilidade de sequestro. Imagens das câmeras de vídeo do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, mostraram o zagueiro circulando tranquilo e sozinho no saguão e na sala de espera na noite da última sexta-feira. Outra gravação mostrou o jogador sacando dinheiro em um banco no centro de Florianópolis três dias depois.

Segundo o delegado Bolívar Llantada, o zagueiro do Grêmio viajou da capital gaúcha para Londrina (PR) de avião na noite de sexta-feira. Na sequência, seguiu para Florianópolis, possivelmente de ônibus. Ontem, ele foi localizado em Jundiaí (SP).